terça-feira, 28 de julho de 2020

Najib Razak é considerado culpado no caso 1MDB

O ex-primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, de 67 anos, foi considerado culpado no escândalo envolvendo o fundo 1MDB e condenado a 12 anos de prisão.

Najib, que nega o inegável, foi declarado culpado por sete acusações, incluindo abuso de poder, abuso de confiança e lavagem de dinheiro.

O veredicto, que saiu nesta terça-feira (28), é o primeiro de uma série de processos contra o ex-primeiro-ministro por alegações de que ele recebeu centenas de milhões de dólares desviados desse fundo de investimento estatal chamado 1Malaysia Development Berhad, ou 1MDB, lançado em 2009.

Na semana passado, a Reuters relatou que o Goldman Sachs pagaria 3,9 bilhões de dólares para resolver a investigação criminal da Malásia sobre o papel do banco de investimento dos Estados Unidos no escândalo do 1MDB.

Lembram do filme "O Lobo de Wall Street" (com Leonardo DiCaprio)? Então, o filme foi pago com parte do dinheiro desviado desse fundo malaio.

Achou este artigo interessante? Siga Sobreira.co no Twitter e Instagram para ler novos conteúdos assim que forem publicados.