sexta-feira, 6 de novembro de 2020

Justiça fecha o cerco contra o cofundador do Megaupload

Depois que a Suprema Corte da Nova Zelândia proferiu uma decisão "mista" esta semana, que dá a Kim Dotcom, fundador do Megaupload, mais tempo no país para lutar contra a extradição, o ex-colega Mathias Ortmann está agora sob os holofotes. A polícia da Austrália está se preparando para apreender os bens do cofundador do Megaupload em resposta a uma ordem de confisco emitida pelos Estados Unidos, de acordo com o TorrentFreak.

Achou este artigo interessante? Siga Sobreira.co no Twitter e Instagram para ler novos conteúdos assim que forem publicados.