sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

DOJ acusa o Facebook de discriminar trabalhadores

Na quinta-feira (03), o Departamento de Justiça dos EUA (DOJ) está acusando o Facebook de discriminar trabalhadores norte-americanos ao favorecer estrangeiros com vistos especiais, incluindo aqueles com vistos H-1B.

"O Facebook criou intencionalmente um sistema de contratação no qual negou aos trabalhadores qualificados norte-americanos uma oportunidade justa de aprender e se inscrever em empregos", afirmou o departamento. A empresa de redes sociais tentou canalizar tais empregos para detentores de vistos temporários que queria patrocinar para que ganhassem o direito à residência permanente no país ou a status de cidadãos norte-americanos, acrescentou.